ANA e ONS discutem condições de operação dos reservatórios.


Foi tratada a flexibilização de operação da Hidrelétrica do Funil e as condições de operação dos reservatórios da bacia do Rio Grande.

Nesta quinta-feira, 2 de junho, a diretoria da Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA) se reuniu com representantes do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), para tratar sobre assuntos de interesse em comum das instituições.

O ONS tem como responsabilidade legal, em conjunto com a Agência Nacional de Águas – ANA, a gestão dos recursos hídricos em rios de domínio federal com aproveitamentos hidrelétricos. Para cumprir essa atribuição, o ONS se relaciona com as entidades participantes do Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos, SINGREH, tais como Conselhos de Recursos Hídricos, Comitês de Bacias, Grupos Gestores e Entidades Outorgantes, nas bacias hidrográficas nas quais existem aproveitamentos hidroelétricos do Sistema Interligado Nacional – SIN.




A pauta da reunião abordou as condições de operação dos reservatórios das bacias dos rios Grande, Paranaíba, Paraná (Jupiá e Primavera). Também tratou do Acordo de Cooperação entre ANA e ONS para realização de ações conjuntas relacionadas a estudos hidrológicos, condições de operação dos reservatórios de usinas hidrelétricas do Sistema Interligado Nacional (SIN), estudos e trabalhos técnicos correlatos, além do intercâmbio de informações e dados.

A proposta de alteração das condições de operação da Usina Hidrelétrica de Queimado foi outro tema em pauta. A minuta de nota técnica específica sobre a flexibilização de restrições operativas da Usina Hidrelétrica do Funil/Rio Grande e a minuta de nota técnica conjunta geral para flexibilização de restrições operativas de aproveitamentos hidrelétricos do SIN também foram temas da reunião.

Outros assuntos tratados foram a atualização de séries de usos consuntivos, tema que tem reunião agendada para 7 de julho, e o processo de atualização das vazões naturais (reconstituição de vazões).

Com informações da Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico.




Compartilhe: