Aprovado plano para recuperação dos reservatórios das hidrelétricas


Objetivo é contribuir para a convergência de ações estruturais envolvendo o suprimento energético nacional e a preservação dos usos da água.

O Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) se reuniu, nesta segunda-feira (11/07), em sua 3ª reunião extraordinária de 2022, na qual foi aprovada a resolução do Plano de Recuperação dos Reservatórios de Regularização de Usinas Hidrelétricas do País (PRR). A elaboração desse plano havia sido determinada pela lei de desestatização da Eletrobras, e um grupo de trabalho foi criado em abril para preparar o documento. Agora, a resolução CNPE ainda precisa ser aprovada pelo presidente da República.




O PRR foi resultado de Grupo de Trabalho coordenado pelo Ministério de Minas e Energia (MME) e com participação do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), da Empresa de Pesquisa Energética (EPE) e do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). Segundo o órgão, o plano contribuirá para a estruturação das ações, algumas das quais já estão em andamento, relativas à recuperação dos reservatórios das usinas hidrelétricas de regularização do País, sob avaliação multisetorial que privilegie tanto o suprimento energético nacional quanto a preservação dos usos da água. Entre as metas previstas está a recuperação gradual dos níveis de armazenamento dos reservatórios das usinas hidrelétricas brasileiras.

De 2020 a 2021, o Brasil viveu a pior crise hídrica em 91 anos, ameaçando os reservatórios das usinas e comprometendo a integridade do Sistema Interligado Nacional (SIN). O Plano será detalhado e serão estabelecidas metas e indicadores globais de monitoramento, que serão postos em Consulta Pública pelo Ministério de Minas e Energia em até 210 dias. A implementação do Plano contemplará o desenvolvimento de ações por parte de diversas instituições competentes, com acompanhamento coordenado pelo Ministério de MInas e Energia e participação dos demais órgãos.

Fonte: Ministério de Minas e Energia.




Compartilhe: