Níveis dos reservatórios fecham junho com melhor índice em 10 anos.

Reservatórios da região de Furnas receberão volume de água abaixo da média histórica de julho.

O boletim do Programa Mensal de Operação (PMO) com as previsões do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), para a semana de 02 a 08 de julho, estima que os reservatórios do país cheguem ao fim do mês com níveis de 96,8%, no Norte; 86,6% no Sul e 80,9% no Nordeste. Os reservatórios localizados na região Sudeste/Centro-Oeste têm previsão de 62,1% de volume de água, no final de julho, após encerrar o mês de junho com o melhor índice dos últimos dez anos. No ano passado, neste mesmo período, os reservatórios desta região estavam com 29,09% de água.

Os resultados atuais são reflexos do bom período chuvoso e da atenta operação realizada durante o período de crise de escassez hídrica pelo Operador, em parceria com outros gestores do setor elétrico.

Vale lembrar que no período chuvoso, entre dezembro e 30 de abril, esteve em vigor o Plano de Contingência da Agência Nacional de Águas que restringiu vazões liberadas pelos principais reservatórios do Sistema Interligado Nacional para proporcionar seu reenchimento e aumentar a segurança hídrica das bacias dos rios Grande, Paranaíba, São Francisco e Tocantins.




O boletim ainda aponta que as afluências devem ficar abaixo da média em quase todas as regiões. Diante desse cenário, a previsão é de que na região Norte a entrada de água nos reservatórios fique em 87% da média histórica registrada neste mesmo período, na região Sul fique em 88 % e no Sudeste e Centro-Oeste, será de no máximo 69% do volume registrado na média de anos anteriores.

Com informações do ONS.




Compartilhe:

ONS divulga previsão do volume dos reservatórios no final de novembro/2022

Estudo analisa cenário com poucas chuvas e outro com chuvas na média histórica.

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) publicou em 15/06 estudo com a avaliação das condições para atendimento da geração de energia para o período de maio a novembro de 2022, considerando os fatores climáticos e as previsões da situação dos níveis dos principais reservatórios para o final do mês de novembro/2022.

O pior período de estiagem em 91 anos

Com a condições climáticas vivenciada no último período seco, 2021, nas bacias dos rios Grande, Paranaíba e calha principal do rio Paraná, foi observada a pior sequência de afluências de abril a setembro, com 53% da média histórica. Sendo influenciada pelo volume de chuvas abaixo da média histórica ao longo dos últimos anos.

(mais…)

Compartilhe:

No Triângulo Mineiro, reservatórios de Água Vermelha, Marimbondo e São Simão caem pelo 2º mês seguido

Emborcação e Nova Ponte tiveram aumento nos volumes de água.

Pelo 2º mês seguido, os reservatórios das hidrelétricas de Água Vermelha, Marimbondo e São Simão tiveram queda no nível de água represada. Por outro lado, lagos das usinas de Emborcação e Nova Ponte estão mais cheios pelo segundo mês seguido.

A informação é do levantamento feito pelo g1 a partir das atualizações das hidrelétricas do Triângulo Mineiro que fazem parte do subsistema Sudeste/Centro-Oeste do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). A análise é feita constantemente desde 2021, quando o Brasil passou por grave crise hídrica.
(mais…)

Compartilhe:

Nível da Represa de Furnas baixando e ONS comemora “alta” no nível dos reservatórios no Sudeste/Centro-Oeste.

A expectativa de alta é de 0,4%, que deveria ser

Mesmo com o nível da Represa de Furnas tendo baixado 8 cm nos últimos três dias, o boletim do Programa Mensal de Operação (PMO) com as previsões do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), para a semana de 10 a 17 de junho, aponta reservatórios com bons níveis de armazenamento. Dos quatro subsistemas, o conjunto dos reservatórios localizados no Sudeste/Centro-Oeste se destaca, “pois na segunda revisão do PMO apresenta uma expectativa melhor que a estimada na edição anterior, com aumento de 0,4%“, e deverá atingir 65,7% de capacidade no final do mês.

O boletim anterior previa estabilidade e este pequeno aumento de 0,4% confirma a previsão, uma vez que representa muito pouco, apesar disso o título do boletim divulgado pelo ONS hoje, 10/06, coloca em destaque no título “ONS: Nível dos reservatórios indica alta no Sudeste/Centro-Oeste”. (mais…)

Compartilhe:

ONS não prevê alteração das condições dos reservatórios na próxima semana.

Região Sudeste continua sem previsão de chuvas para a próxima semana.

O boletim do Programa Mensal de Operação (PMO) do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) indica, para a semana que vai de 4 a 10 de junho, estabilidade na capacidade de armazenamento e nas afluências com relação ao previsto na semana anterior. Para o fim de junho, o nível dos reservatórios de três subsistemas deve seguir acima de 90%. A projeção do nível por regiões, para o dia 30 de junho, é de 98,8% no Norte, 91,2% no Nordeste, 90,9% no Sul e 65,3% no subsistema Sudeste/Centro-Oeste.




O informativo prevê também manutenção nos índices de afluências. Há previsão de precipitação nas bacias dos rios Jacuí, Uruguai, Iguaçu, Paranapanema e no trecho incremental à Usina Hidrelétrica de Itaipu. (mais…)

Compartilhe:

ANA e ONS discutem condições de operação dos reservatórios.

Foi tratada a flexibilização de operação da Hidrelétrica do Funil e as condições de operação dos reservatórios da bacia do Rio Grande.

Nesta quinta-feira, 2 de junho, a diretoria da Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA) se reuniu com representantes do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), para tratar sobre assuntos de interesse em comum das instituições.

O ONS tem como responsabilidade legal, em conjunto com a Agência Nacional de Águas – ANA, a gestão dos recursos hídricos em rios de domínio federal com aproveitamentos hidrelétricos. Para cumprir essa (mais…)

Compartilhe:

Regiões sudeste e centro-oeste terão os menores índices de água acumulada no mês de junho

A previsão de chuvas para estas regiões também ficará abaixo da média histórica.

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) aponta em suas previsões para o mês de junho que de todos os reservatórios do país, os das regiões Sudeste e Centro-Oeste serão os que estarão com o menor volume de água acumulada. A previsão de chuvas para junho aponta que a região sul continuará com volume acima da média histórica, enquanto no restante do país o volume de precipitação ficará abaixo da média.

A previsão para o fim de junho, mesmo já estando no período seco, o nível dos reservatórios dos subsistemas Norte, Nordeste e Sul, estará próximo a 100%. O Norte deve chegar a 99,1% de capacidade de (mais…)

Compartilhe:

Hidrelétrica baixa vazão no Rio Paraná por determinação do ONS

Cesp inicia redução da vazão mínima da usina hidrelétrica de Porto Primavera

A partir desta terça-feira (17/05), a Companhia Energética de São Paulo (Cesp), seguindo determinação do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) e do Ministério de Minas e Energia, irá reduzir a vazão mínima defluente na usina hidrelétrica de Porto Primavera, localizada no Rio Paraná, em Rosana (SP), na divisa entre os estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul.

A medida tem fundamento no cenário incerto de afluências e de carga para os próximos meses, e visa a contribuir para a preservação dos estoques de água acumulados na bacia hidrográfica.

(mais…)

Compartilhe: