Níveis dos reservatórios fecham junho com melhor índice em 10 anos.


Reservatórios da região de Furnas receberão volume de água abaixo da média histórica de julho.

O boletim do Programa Mensal de Operação (PMO) com as previsões do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), para a semana de 02 a 08 de julho, estima que os reservatórios do país cheguem ao fim do mês com níveis de 96,8%, no Norte; 86,6% no Sul e 80,9% no Nordeste. Os reservatórios localizados na região Sudeste/Centro-Oeste têm previsão de 62,1% de volume de água, no final de julho, após encerrar o mês de junho com o melhor índice dos últimos dez anos. No ano passado, neste mesmo período, os reservatórios desta região estavam com 29,09% de água.

Os resultados atuais são reflexos do bom período chuvoso e da atenta operação realizada durante o período de crise de escassez hídrica pelo Operador, em parceria com outros gestores do setor elétrico.

Vale lembrar que no período chuvoso, entre dezembro e 30 de abril, esteve em vigor o Plano de Contingência da Agência Nacional de Águas que restringiu vazões liberadas pelos principais reservatórios do Sistema Interligado Nacional para proporcionar seu reenchimento e aumentar a segurança hídrica das bacias dos rios Grande, Paranaíba, São Francisco e Tocantins.




O boletim ainda aponta que as afluências devem ficar abaixo da média em quase todas as regiões. Diante desse cenário, a previsão é de que na região Norte a entrada de água nos reservatórios fique em 87% da média histórica registrada neste mesmo período, na região Sul fique em 88 % e no Sudeste e Centro-Oeste, será de no máximo 69% do volume registrado na média de anos anteriores.

Com informações do ONS.




Compartilhe: