Nomes de rios do Brasil

Vai pescar no Rio do Peixe? É bom saber que no Brasil existem 62 Rios do Peixe. Isso sem contar as variações Peixe Grande, Peixe Pequeno, Peixe de Baixo, Peixe Bravo, Peixe Tolo e até Rio Sem-Peixe.

Esta informação foi tirada da Base Hidrográfica de 2017 disponível no Catálogo de Metadados da ANA que contém dados de 7691 rios, sem considerar riachos, ribeirões e outros cursos d’água menores.

O campeão dos nomes de rios é o Rio Preto, com 81 ocorrências, também sem considerar as variações como Rio Preto do Sul, Preto do Itambé, Preto da Eva, etc. Rio Negro são 22. Rio Una, que em Tupi Guarani significa preto, são 18.

Nomes de cores são os nomes mais comuns de rios no Brasil. Rio Verde, são 45, seguido por Rio Branco, 43, Rio Vermelho, 39. No Paraná tem um chamado Rio Tricolor.

Rio Bonito são trinta e seis, das Pedras são trinta e quatro e Rio Claro são trinta e três.

Seguindo de perto esses daí, estão os santos: trinta e três Rios Santo Antônio, trinta e dois São João, vinte e oito São Domingos e vinte e sete Rios Santana.

Rio Capivari são 31, talvez o mais charmoso seja aquele que corta Campos do Jordão e que quando entra em Minas vira Rio Sapucaí e contribui para a Represa de Furnas. Aliás, além deste Sapucaí existem outros dois no Brasil.

Rio Grande são 22, o mais extenso é o que passa pelo sul de Minas e o Rio Grande mais curto tem pouco mais de 6,5 km de extensão sendo menor que os 9 km do mais curto dos oito Rios Pequeno que existem.

Tem nomes curiosos de rios como Rio Feio, que são sete no total. Próximo a Barreiras na Bahia tem o Rio Triste e Feio. Também são sete os Rios Fundo. Quatro Rios Soninho e três Rios Perdido.

Curiosamente são três Rios do Tigre, animal que não existe no Brasil. Rio das Garças, ave que habita as margens dos nossos rios, são somente dois.

Quando o assunto é quebrar, temos o Rio Quebra-dentes, Quebra-Perna, Quebra-joelho e Quebra-anzóis.

Rio Criminoso são dois. Um em Niquelândia, Goiás, e outro próximo a Casimiro de Abreu, no RJ.

O Rio São Francisco é realmente o rio da integração nacional. Nasce na Serra da Canastra em Minas, tem sua foz na divisa dos estados de Alagoas e Sergipe e possui dois afluentes chamados Rio de Janeiro. O primeiro está em Minas logo abaixo da barragem da Represa de Três Marias e o outro no norte da Bahia.

No norte da Bahia também tem o Rio Paulista.

No Brasil tem dois Rios das Mulheres. Rio dos meninos é um só e fica em Goiás. O das Velhas são três. Rio Novo são trinta e seis.

Temos Rio Vaca Brava, Rio Vaca-Gorda, Rio Anta Gorda. Rio Burro Branco são dois. Curiosamente também são só dois Rios Água Fria, dois Rios da Cachoeirinha e dois Rios Água Suja e um único Rio Alagado.

Temos rios com nomes “internacionais”, Rio Francês e Rio Alemão. Quer conhecer o Rio Tejo? Não precisa ir a Portugal, no Acre tem um. Em Joinville, Santa Catarina, tem o Rio Mississipi.

Saiba que além do Rio Passa Quatro, temos também o Passa Dois, Passa Três, Passa Cinco, Passa Nove e Passa Vinte.

No Ceará tem o Rio Mal Cozinhado talvez porque o Rio Panela de Ferro esteja no Tocantins, o Rio Panela no Piauí, o Rio Panelas em Pernambuco. Os Rios Panelinha e Panelão estão próximos um do outro na Bahia.

Tem o Rio do Amola-faca. Rio Arrepiado, Rio Valha-me Deus, o Rio Acaba-vida, o Rio Inferninho e Rio Inferno Grande.

Rio Quilômetro Duzentos e Quinze

Curioso mesmo é o nome do Rio Quilômetro Duzentos e Quinze. Sério! Esse é o nome de um rio que fica próximo à BR-230  e próximo a Maracajá no Pará.

Se em Maceió tem o Rio da Saúde no Guarujá em SP tem o Rio de Pouca Saúde.

O rio mais longo do Brasil é o Amazonas que é o segundo mais longo do mundo. O rio mais curto é o Rio Azuis em Aurora do Tocantins que tem uma extensão de 147 metros e está no Guinness Book como o terceiro menor rio do mundo.

Rio Azuis em Aurora do Tocantins é o menor rio do Brasil e o terceiro menor do mundo
Compartilhe: