O caminho das águas

Muitas vezes não paramos prá pensar qual o caminho percorre uma simples gota d’água que se junta a outras e formam os rios, lagos, represas, etc, e correm até o oceano. Imagina aquela água da chuva que corre na frente da sua casa, qual caminho ela percorre?

Mesmo estando a poucos quilômetros do litoral as águas podem percorrer até milhares de quilômetros para alcançar o oceano. Melhor exemplo disso é o rio Tietê que segundo a Wikipédia nasce a 22 km do Oceano Atlântico e por causa da barreira imposta pela Serra do Mar é forçado a percorrer 1.100 km, atravessando todo o estado de São Paulo para encontrar o rio Paraná e seguir por mais de 2.700 km até chegar ao mar no sul do Uruguai.

Pensando nisso, criamos uma nova página no site.

Utilizando imagens de satélites você pode clicar num ponto do território brasileiro, como se lançasse ali uma gota d’água, e ver a animação do percurso dessa gota até alcançar o mar, com informações da distância percorrida e nome dos rios ou represas por onde passa.

Também é possível acompanhar todo o percurso de alguns rios cujas nascentes estão marcadas nas imagens do satélite.

Para isso utilizamos, entre outros, dados da Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico, ANA, do Operador Nacional do Sistema Elétrico, ONS, e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas, IBGE.

Para agilizar os cálculos e a transferência dos dados fomos forçados a simplificar o contorno de rios e às vezes isso pode causar um pouco de deslocamento do curso da água em relação à imagem do satélite. Também diferenças no georreferenciamento da imagem do satélite podem causar divergências de alguns metros, mas nada que comprometa o resultado final.

A velocidade da animação pode ser controlada pela barrinha no canto superior direito da tela, também é possível dar zoom na imagem. Ao final do percurso você poderá repetir a animação, escolher outro ponto para lançar uma nova gota d’água e até compartilhar o link daquele percurso com os amigos.

Como sugestão deixaremos mais abaixo dois links que permitirão verificar uma situação interessante criada pela construção da Represa de Furnas e o link da nascente do rio Grande.

As águas de Furnas alagariam parte da cidade de Capitólio e ainda “vazariam” para a bacia do Rio São Francisco, conectando as bacias do rio Paraná e do São Francisco.

Para não inundar a cidade e aumentar a capacidade de armazenamento da Represa de Furnas, foi construído um dique nas imediações de Capitólio para conter as águas da represa. Como consequência o rio Piumhi foi represado e passou a correr em sentido contrário, por um canal construído desviando-o para a bacia do rio São Francisco, deixando de despejar suas águas na bacia do rio Paraná.

Montagem mostrando o curso da água no Dique de Capitólio.
Montagem mostrando o curso da água no Dique de Capitólio.

O Dique de Capitólio, portanto, é um divisor de águas da bacia do rio Grande e do rio São Francisco. Poucos metros de diferença determinam se a água encontrará o oceano nas águas quentes do nordeste brasileiro ou na quase sempre água gelada do mar do sul do continente.

Dique de Capitólio – Bacia do rio Paraná: https://cameraserraverde.com.br/rios/?a=-5129421.211962322&b=1680643941&c=-2348200.254961895&d=1592751514246645

Dique de Capitólio – Bacia do rio São Francisco: https://cameraserraverde.com.br/rios/?a=-5129229.7363737365&b=1680644077&c=-2347869.8581745694&d=1592467520416817

Nascente do rio Grande: https://cameraserraverde.com.br/rios/?a=-4966388.504033822&b=1688672025&c=-2543463.841037055&d=1678341170244602

Acesse a página pela opção do menu Rios -> Caminho das águas, toque ou clique num ponto da imagem do satélite e veja o percurso da água.

Você também pode acessar por este link: Rios.


Represas mais visitadas na semana

Represa de Furnas hoje

Medição mais recente realizada na barragem da represa
Nível atual Medido em Variação em 24h
764.99 12/04/2024 -1
m às 22:00h cm

Nível nas últimas 24 horas

Medições realizadas nas últimas 24h na barragem da Represa de Furnas



Veja mais informações na página de Furnas


Represa de Três Marias hoje

Medição mais recente realizada na barragem da represa
Nível atual Medido em Variação em 24h
567.06 12/04/2024 -1
m às 22:00h cm

Nível nas últimas 24 horas

Medições realizadas nas últimas 24h na barragem da Represa de Três Marias



Veja mais informações na página da Represa de Três Marias


Represa de Serra da Mesa hoje

Medição mais recente realizada na barragem da represa
Nível atual Medido em Variação em 24h
453.69 12/04/2024 -1
m às 20:00h cm

Nível nas últimas 24 horas

Medições realizadas nas últimas 24h na barragem da Represa de Serra da Mesa



Veja mais informações na página da Represa de Serra da Mesa


Represa de Peixoto hoje

Medição mais recente realizada na barragem da represa
Nível atual Medido em Variação em 24h
664.56 12/04/2024 -12
m às 22:00h cm

Nível nas últimas 24 horas

Medições realizadas nas últimas 24h na barragem da Represa de Peixoto



Veja mais informações na página da Represa de Peixoto


Açude Araras em 11/04/2024

Nível Volume Volume
153,30 859,53 96,47
m hm³ %
Variação do volume
1 dia 9 dias 15 dias 30 dias
0 7.38 11.35 14.17
% % % %



Veja mais informações na página do Açude Araras


Açude Castanhão em 11/04/2024

Nível Volume Volume
90,36 1997,38 29,81
m hm³ %
Variação do volume
1 dia 9 dias 15 dias 30 dias
0.11 1.57 3.29 4.33
% % % %



Veja mais informações na página do Açude Castanhão


Açude Trairi em 11/04/2024

Nível Volume Volume
80,50 35,23 100,00
m hm³ %
Variação do volume
2 dias 7 dias 15 dias 30 dias
6.13 31.00 75.22 78.97
% % % %



Veja mais informações na página do Açude Trairi


Últimas atualizações

Represa de São Simão

Represa de Mauá

Represa de Peixoto

Represa de Três Irmãos

Represa do Estreito – Pedregulho/SP